Caminho

poesia

Preciso me afastar
para que possa a mim mesma alcançar.

Olhar pelos olhos de um outro alguém 
e aprender a ver com mais clareza.
Virar de costas ao espelho
(rejeita-lo!)
e ousar a insanidade de me amar
(aceitar-me!).
Desejo me afogar em delírios
para reaprender a respirar.
Essencial me desfazer das certezas,
é no silêncio em que a sabedoria está.

E só assim: livre, perdida e nua. 
Crua.
Poderei me encontrar.

out/2018

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s